O testemunho cristão na sociedade de pós-verdades

pos-verdade

 

Tony Watkins

 

A verdade foi destruída e desapareceu dos seus lábios”, Jr 7.28.

Vivemos hoje numa sociedade de pós-verdades. O adjetivo pós-verdade foi a palavra do ano de 2016 do dicionário Oxford. Ele se refere às “circunstâncias nos quais fatos objetivos são menos influentes na formação de opiniões públicas do que o apelo emocional”. Isto descreve perfeitamente as campanhas políticas de 2016 que levaram à votação pelo “Brexit” no Reino Unido e à eleição presidencial nos Estados Unidos.[1]

Casper Grathwohl, presidente da Oxford Dictionaries, disse que a crescente popularidade do termo “está sendo impulsionada pelo crescimento das mídias sociais como fonte de notícias e pela crescente falta de confiança nos fatos oferecidos pela mídia estabelecida”.
Ele sugere que o termo irá se tornar “uma das palavras que definirá a nossa época”.[2]

Grathwohl insinua que o termo pós-verdades está intrinsecamente conectado com o dilúvio de “notícias falsas” que temos experimentado. Jonathan Freedland escreve: “Nesta era de pós-verdades políticas, aquele que não hesita em mentir pode ser rei. Quanto mais descarada a desonestidade, menos ele se importará em ser descoberto em flagrante e mais poderá prosperar. E aqueles pedantes que ainda estão presos aos fatos, evidências e todas as outras coisas desinteressantes, são deixados para trás, enquanto ainda começam amarrar seus sapatos, a mentira já se espalhou por metade do mundo. [3]

Continuar a ler aqui.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s